25.3 C
Brasil
sexta-feira, setembro 29, 2023

PF e PRF prendem PM acusado de envolvimento em esquema de gatonet de Ronnie Lessa e Suel

Brasil

Sandro Franco, lotado na UPP Formiga, foi preso em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Ele foi preso na Ponte Rio-Niterói.

A Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal prenderam nesta terça-feira (29) Sandro Franco, PM acusado de envolvimento no esquema de gatonet de Ronnie Lessa e Maxwell Corrêa, o Suel, em Rocha Miranda, na Zona Norte do Rio.

Lessa e Suel foram presos por envolvimento na morte de Marielle Franco, em 2018.

Ele foi detido Ponte Rio-Niterói e será levado para a Polícia Federal. Sandro era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro da Formiga, na Tijuca, também na Zona Norte.

O PM fugiu ao ver as equipes no dia da operação no dia 4 de agosto. Ele teria prometido se entregar poucos dias depois, mas não cumpriu a promessa. Ele era o último foragido da ação policial.

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Rio, Sandro ficou responsável pelo esquema de internet ilegal após a descoberta de envolvimento de Suel e Lessa na morte de Marielle Franco.

Inicialmente, ele foi o responsável técnico pela central da gatonet. Depois, ele “arrendou” o esquema e passou a explorar o serviço através da empresa TECSAT. Ele pagava valores a Suel e Lessa.

A empresa cobrava R$ 70 pela instalação e mensalidade da internet, segundo investigações da Polícia Federal.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias